Q33

O momento fletor atuante na seção transversal de uma viga isostática sob flexão depende do(a)

(A) carregamento atuante na viga (B) material da viga (C) momento de inércia de área . . . → Abrir Q33

Q38 e Q39

engenheirodepetroleo_cesgranrio2014_q38e39

O enunciado a seguir deve ser utilizado para responder às questões de nos 38 e 39.

A Figura abaixo mostra uma viga biapoiada sujeita à flexão devida a uma carga . . . → Abrir Q38 e Q39

Q40

Em uma viga, com uma das extremidades engastada e a outra livre, sujeita a uma força concentrada na extremidade livre, os diagramas de momentos fletores e de forças cortantes indicam . . . → Abrir Q40

Q38

engenheirodepetroleo_cesgranrio2012_q38

Uma haste de comprimento L = 1,5 m e massa M’ = 10 kg sustenta um bloco de massa M = 5,0 kg, como mostra a figura.

O momento . . . → Abrir Q38

Q116 e Q117

Um tubo de aço com diâmetro D, parede com espessura t, comprimento L e submetido ao peso próprio com resultante P está apoiado sobre dois calços, um em uma de . . . → Abrir Q116 e Q117

Q54

engenheirodepetroleo_cesgranrio2008_q54

A viga simétrica com carregamento simétrico, mostrada na figura,  apresenta um trecho sujeito a uma flexão pura. Isto ocorre porque neste trecho o

(A) esforço cortante varia linearmente com . . . → Abrir Q54

Q116

engenheirodepetroleo_cespe2008_q116

Na figura acima, é representada uma viga biapoiada, submetida a uma carga q, distribuída e de valor igual a 18 kgf/m. A seção transversal da viga é retangular, medindo . . . → Abrir Q116

Q117

engenheirodepetroleo_cespe2008_q117

A figura acima representa o diagrama de esforços cortantes de uma viga biapoiada. Considerando que A e B são os pontos de apoio da viga e que seu peso . . . → Abrir Q117

Q38

engenheirodepetroleo_cesgranrio2010_q38

Uma tubulação é instalada sobre apoios, conforme ilustrado na figura acima. Considerando os efeitos de flexão devida ao peso próprio uniformemente distribuído da tubulação e do fluido em seu . . . → Abrir Q38