Petrobras pode quase triplicar produção em 10 anos

Data: 4/6/2011
Fonte: Exame

A Petrobras informou nesta sexta-feira que produzirá mais que qualquer outra companhia petroleira listada em bolsa no mundo, prevendo elevar a produção para 6 milhões de barris de óleo equivalente por dia em 2020, quase o triplo do que a estatal produz atualmente.

A previsão revisada para 2020 representa um aumento de 10 por cento na comparação com a estimativa anterior, de acordo com o diretor financeiro da estatal, Almir Barbassa.

Segundo ele, a estimativa tem como base, principalmente, a adição de novos ativos em águas profundas e áreas de exploração próximas ao Rio de Janeiro e a São Paulo.

A previsão anterior, anunciada em 2010, era de 5,4 milhões de barris. Desse número, cerca de 1,13 milhão de barris por dia, ou 23 por cento, é de gás natural. Cerca de 6 por cento da estimativa se refere à produção de petróleo e gás fora do Brasil.

Mais da metade da produção deve ir para os mercados de exportação, tornando a Petrobras uma das maiores fornecedoras de petróleo fora da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

Ela também vai permitir que o Brasil desafie os Estados Unidos como terceiro maior produtor, após a Rússia e a Arábia Saudita.

“A Petrobras hoje é a terceira maior companhia de energia do mundo, e segunda maior companhia de petróleo entre aquelas listadas na bolsa”, disse Barbassa durante discurso no Centro de Pesquisa da companhia. Ela irá produzir “6 milhões de barris por dia dentro de 10 anos”, disse.

A atual líder de produção é a ExxonMobil, com produção de 4,4 milhões de barris petróleo e gás por dia em 2010.