Presidente da Petrobras garante seleções para os próximos anos

Data: 24/02/2011
Fonte: Correioweb

O presidente da Petrobras, Sergio Gabrielli, garantiu nesta semana que a estatal não será afetada pelo corte no orçamento anunciado pelo governo federal no início de fevereiro. Entre as medidas anunciadas pelos Ministérios do Planejamento e da Fazenda está a suspensão de novos concursos federais e de novas convocações da administração direta.

O presidente afirmou que vai manter o atual concurso da estatal, que oferece 839 oportunidades de níveis médio e superior e salários de até R$ 6,2 mil. As provas serão aplicadas no próximo domingo (27/2). Foram contabilizadas 339.898 pessoas cadastradas, ou seja, uma concorrência geral de aproximadamente 405 candidatos por vaga. Veja os locais de prova.

Em entrevista coletiva, Gabrielli aproveitou para comentar uma reportagem publicada ontem (20) por um grande jornal do Rio de Janeiro. A matéria dizia que a Petrobras burla a lei de licitações e contratos para usar funcionários terceirizados em funções estratégicas. Segundo Gabrielli, desde 2002, a Petrobras aumentou o quadro efetivo de pessoal em 73%, passando de 46 mil para 80 mil, neste ano. No entanto, o aumento quantitativo de servidores não impede a contratação de comissionados em setores estratégicos da estatal.