Q21

Um motor elétrico de indução trifásico está funcionando a plena carga, quando, em determinado momento, perde uma das fases de sua alimentação. Nessas condições, verifica-se que a

(A) potência desenvolvida . . . → Abrir Q21

Q22

Uma corrente elétrica de valor 400 A percorre um longo condutor sólido horizontal (Y) fixo. Acima desse e em paralelo, deseja-se colocar outro condutor sólido delgado (X) que pesa 0,025 . . . → Abrir Q22

Q23

Em uma petroquímica, é instalado um transformador com as seguintes características: potência aparente de 1.250 kVA; relação 13,8 – 0,48 kV; ligação do enrolamento primário em triângulo e do enrolamento . . . → Abrir Q23

Q24

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q24

As Figuras abaixo correspondem à designação de ligações e diagrama fasorial para um transformador trifásico.

Após analisar as Figuras, verifica-se que o deslocamento angular para esse equipamento, em graus, . . . → Abrir Q24

Q25

Um sistema trifásico, com sequência de fases ABC, possui dois wattímetros instalados (W1 e W2) alimentando uma carga equilibrada ligada em triângulo. A tensão de linha do sistema é de . . . → Abrir Q25

Q26

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q26

Uma fonte de tensão trifásica de sequência ABC está conectada em estrela e em equilíbrio. A tensão de linha vale VAB = 208 <-60°. Sabendo-se que as tensões de fase . . . → Abrir Q26

Q27

Em uma instalação, a alimentação das cargas constituídas por impedâncias Zab, Zbc, Zca é efetuada por um circuito trifásico com ligação a três condutores, com tensão de linha de 220 . . . → Abrir Q27

Q28

Um motor de indução trifásico com rotor em gaiola possui potência de 75 CV, IV polos, 440 V, fator de serviço 1,0, escorregamento 3%, rendimento a plena carga de 92% . . . → Abrir Q28

Q29

Os motores de indução polifásicos para aplicação geral, quaisquer que sejam seu regime e sua construção, devem ser capazes de suportar, durante 15 segundos, sem parada ou mudança brusca de . . . → Abrir Q29

Q30

Um motor shunt de potência 5 CV, 100 V, submetido a uma prova em laboratório, gira com rotação de 900 rpm, quando absorve uma corrente elétrica de 60 A a . . . → Abrir Q30

Q31

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q31

Na Figura abaixo, a frequência da f.e.m. induzida na bobina ab, quando esta gira no sentido horário, é de 60 ciclos/segundo, gerando uma potência elétrica igual a 60 HP.

. . . → Abrir Q31

Q32

Um gerador trifásico de 10 kVA e tensão 20 kV tem sua reatância subtransitória, em p.u., igual a 0,10. Esse gerador está integrado a um sistema cuja potência base é . . . → Abrir Q32

Q33

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q33

Na Figura acima, o gerador G alimenta uma carga pesada Z através de uma linha de transmissão. Um banco de capacitores conectado à barra de carga tem características nominais . . . → Abrir Q33

Q34

Para um sistema elétrico trifásico operando com carga desequilibrada, as correntes nas três fases sequência ( a – b – c ) são iguais a 20 <0° , 10 <60° . . . → Abrir Q34

Q35

Um gerador de 10 MVA, 2 kV, X(+) = X(-) e Xo = 0,10, ligado em estrela aterrado, opera em vazio, quando ocorre um curto-circuito direto fase terra, cujo valor . . . → Abrir Q35

Q36

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q36

A Figura acima representa a matriz impedância de barra (ZBUS), em p.u., de um sistema de potência com quatro barras, tomando-se como base os valores nominais do sistema.

Para . . . → Abrir Q36

Q37

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q37

A Figura abaixo representa um circuito.

Para que a resistência equivalente entre os pontos A e B seja igual a 1 ohm, o valor da constante k é (A) . . . → Abrir Q37

Q38

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q38a

A Figura abaixo representa o diagrama da impedância síncrona (por fase) de um alternador de polos não salientes, que caracteriza um determinado estado de funcionamento no qual a corrente de . . . → Abrir Q38

Q39

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q39

A Figura abaixo representa o circuito equivalente por fase de um alternador de rotor cilíndrico em condições normais de funcionamento.

Após a análise da Figura, verifica-se que, com relação . . . → Abrir Q39

Q40

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q40

A Figura abaixo representa um circuito operando no estado permanente de corrente contínua, em que, num determinado instante t = 0, a chave S se fecha.

Vo(t) e dVo(t)/dt . . . → Abrir Q40

Q41

A impedância longitudinal e a admitância transversal, ambas por unidade de comprimento, de uma linha de transmissão ideal são, respectivamente, j0,9 Ω/km e j6 × 10-6 S/km. O comprimento da . . . → Abrir Q41

Q42

Um engenheiro de uma concessionária de distribuição deseja calcular a queda de tensão em um alimentador trifásico em média tensão. Para isso, ele calculou a impedância série por fase da . . . → Abrir Q42

Q43

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q43

A Figura abaixo mostra o esquema de proteção diferencial de um transformador monofásico.

A relação de transformação do transformador de corrente conectado ao primário é RTCp = 200:5. Em . . . → Abrir Q43

Q44

Um relé de impedância é ajustado para proteger o equivalente a 80% de uma linha de transmissão, cuja impedância total é de 100 Ω. O relé é alimentado por um . . . → Abrir Q44

Q45

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q45

A Figura abaixo mostra um circuito trifásico composto por três fusíveis, duas contatoras, um relé térmico e um motor de indução trifásico.

O acionamento do motor pode ser feito pela . . . → Abrir Q45

Q46 e Q47

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q46-e-q47

Considere a Figura e as informações a seguir para responder às questões de nos 46 e 47.

A Figura acima apresenta o circuito para acionamento de três contatoras principais . . . → Abrir Q46 e Q47

Q48 e Q49

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q48-e-q49

Considere a Figura e as informações a seguir para responder às questões de nos 48 e 49.

A Figura acima mostra uma instalação elétrica de baixa tensão com três . . . → Abrir Q48 e Q49

Q50

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q50a

A Figura abaixo mostra a tela de um osciloscópio em uma bancada de testes. As escalas vertical e horizontal estão aí especificadas, assim como o ponto de referência da amplitude . . . → Abrir Q50

Q51

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q51a

A Figura abaixo mostra um circuito eletrônico.

Esse circuito é constituído de dois amplificadores operacionais considerados ideais, sendo que esse tipo de configuração ilustrado é usado na implementação de . . . → Abrir Q51

Q52

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q52a

Uma função de variáveis lógicas W = f (X,Y,Z) é assim definida com a soma de mintermos:

A expressão simplificada de W é

Ver Solução

Gabarito: D.

. . . → Abrir Q52

Q53

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q53

O circuito eletrônico e digital que opera a forma de onda da entrada para gerar a forma de onda da saída, de acordo com o que está exposto na . . . → Abrir Q53

Q54

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q54

A Figura abaixo mostra um circuito eletrônico, composto de um diodo de junção considerado ideal, que alimenta uma carga resistiva de 10 Ω.

Aplicando-se na entrada Vi a onda . . . → Abrir Q54

Q55

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q55

A fonte de alimentação regulada da Figura abaixo usa um transistor de junção NPN e um diodo zener, ambos considerados ideais. O zener serve para manter a tensão de referência, . . . → Abrir Q55

Q56 e Q57

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q56-e-57

Considere as informações a seguir para responder às questões de nos 56 e 57.

Considere uma tensão elétrica v(t), que tem a forma de onda temporal mostrada na Figura . . . → Abrir Q56 e Q57

Q58

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q58a

Um circuito elétrico tem seu modelo representado pela seguinte equação diferencial ordinária:

onde • vi(t)é o sinal da fonte de tensão na entrada do circuito, dado por vi(t) = . . . → Abrir Q58

Q59

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q59

Seja a matriz quadrada

Os autovalores dessa matriz são as raízes do seu polinômio característico, obtidos da relação det(λI-A)=0. Considerando-se que um de seus autovalores vale -1, a soma . . . → Abrir Q59

Q60

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q60

Considere a matriz

Sendo o determinante da matriz X igual a -30, qual é o valor do parâmetro λ? (A) 3 (B) 1 (C) 0 (D) -1 (E) -3

. . . → Abrir Q60

Q61

Considere a função de transferência na variável de Laplace dada por G(s) = K / (s + 4)3, que representa o modelo de um sistema linear a ser controlado. No . . . → Abrir Q61

Q62

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q62

O Gráfico abaixo mostra o diagrama de Bode do modelo malha aberta de uma planta linear de terceira ordem e sem zeros finitos.

Com base nas curvas de amplitude . . . → Abrir Q62

Q63

Na produção fabril de um componente eletrônico, a probabilidade de um deles sair com defeito é um valor constante para qualquer componente fabricado e vale 0,2. Dessa forma, a função . . . → Abrir Q63

Q64

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q64

Uma tensão elétrica de natureza aleatória incide sobre um circuito elétrico, causando incertezas. A variável aleatória v tem a sua função densidade de probabilidade dada em volts assim definida para . . . → Abrir Q64

Q65

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q65a

A eficiência térmica (η) de um sistema que percorre um ciclo de potência, como o representado na Figura acima, em termos das energias Qentra e Qsai, é dada por

. . . → Abrir Q65

Q66

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletrica-q66a

O coeficiente de desempenho (γ) de um sistema que percorre um ciclo de bomba de calor, como o representado na Figura acima, em termos das energias Qentra e Qsai, . . . → Abrir Q66

Q67

Na bomba centrífuga helicoidal, uma parte da energia fornecida ao fluido é devida à força centrífuga, e outra parte é devida à força de arrasto. Tal bomba é de deslocamento

. . . → Abrir Q67

Q68

O compressor de parafusos utiliza dois rotores que giram engrenados um ao outro e em sentidos opostos para produzir pressão. Tal compressor é classificado como

(A) volumétrico rotativo (B) volumétrico . . . → Abrir Q68

Q69

Na modelagem do comportamento das turbinas, normalmente se considera que as variações das energias cinética e potencial são desprezíveis, e que o processo na turbina é adiabático. Com essas considerações, . . . → Abrir Q69

Q70

Uma bomba de deslocamento positivo possui um deslocamento volumétrico de 1,2 L/rot. Se o eixo da bomba gira a 1.000 rpm, a vazão volumétrica, em L/s, vale

(A) 5 (B) . . . → Abrir Q70

Q21

Para que se encontrem os recursos ou as informações em uma rede, é necessário informar sua localização. Essa informação é feita através da URL (Uniform Resource Locator), cuja composição básica . . . → Abrir Q21

Q22

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q22

As Figuras abaixo mostram topologias de redes.

Com relação às topologias de redes anel, malha, estrela e barra, considere as afirmações abaixo. I – A confi abilidade da rede . . . → Abrir Q22

Q23

Os protocolos de roteamento visam a encontrar a melhor rota para cada destino, distribuindo informações de roteamento por toda a rede. Podem ser aplicados no interior (IGP – Interior Gateway . . . → Abrir Q23

Q24

As redes sem fio (wireless) podem ser usadas em WAN (Wide Area Network) e LAN (Local Area Network). Essas redes evitam os cabos, podendo interligar equipamentos fixos ou móveis, tomando . . . → Abrir Q24

Q25

A engenharia de comunicação visa a transmitir sinais de um ponto para outro através de um canal. Esses canais podem ser linhas de transmissão — o espaço aberto livre para . . . → Abrir Q25

Q26

Com uma onda portadora senoidal de sinal de 20 V de pico e de frequência de 1MHz, é produzida uma modulação em amplitude, com uma informação cossenoidal de 20 V . . . → Abrir Q26

Q27

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q27

Na modulação digital, verifica-se que um sinal denominado portador é modulado por bits 0 e 1, em sequências de pulsos com amplitude, frequência ou fase que variam em função do . . . → Abrir Q27

Q28

Em algumas aplicações na área de instrumentação, é necessário amplificação com elevado ganho de malha fechada. Nesse sentido, é possível acoplar vários estágios de amplificadores com alta impedância de entrada, . . . → Abrir Q28

Q29

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q29

A Figura abaixo mostra um circuito capaz de converter um sinal digital em um sinal analógico. Conhecido como conversor digital analógico D/A, é usado em instrumentação de medição de processos.

. . . → Abrir Q29

Q30

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q30

As Figuras abaixo apresentam dois circuitos (I) e (II) diferenciadores.

O circuito (I) é um diferenciador tradicional, simples, apresentando certas deficiências, tais como instabilidade de ganho e sensibilidade a . . . → Abrir Q30

Q31

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q31

A Figura abaixo contém no interior do quadrilátero tracejado um circuito integrado (CI) especial, composto de três amplificadores operacionais (AO 1, AO 2, AO 3), que apresenta algumas das características . . . → Abrir Q31

Q32

O critério de estabilidade de Routh é determinado em função das raízes da equação característica da equação diferencial que rege o sistema e que representa os polos da função de . . . → Abrir Q32

Q33

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q33a

Os polos, representados por (x), e os zeros, representados por (o), de uma função de transferência podem ser distribuídos em um mapeamento chamado de diagrama do lugar das raízes. O . . . → Abrir Q33

Q34

Em junho de 2010, foi descoberto um novo worm que foi desenvolvido especificamente para atacar CLPs industriais de determinada marca. De acordo com a mídia da época, esse worm pode . . . → Abrir Q34

Q35

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q35a

A Figura abaixo mostra um diagrama de fluxo de sinal que representa as equações simultâneas que descrevem um sistema de controle.

Sabendo-se que K é uma constante, qual é . . . → Abrir Q35

Q36

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q36

Nos cinco mapas de polos e zeros, nos quais “x” representa polos e “o” representa zeros de diferentes funções de transferência de sistemas de controle, o eixo horizontal representa o . . . → Abrir Q36

Q37

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q37

A Figura abaixo mostra um diagrama que representa o mapa de polos e zeros de um sistema discreto no tempo, com três polos (representados por “x”) e dois zeros (representados . . . → Abrir Q37

Q38

A estabilidade de um sistema de controle pode ser definida em termos de sua resposta ao impulso. As formas de onda mostradas abaixo representam a resposta ao impulso h(t) de . . . → Abrir Q38

Q39

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q39

As Figuras abaixo mostram dois sistemas (I e II), apresentados como resposta ao impulso.

Após a análise dessas Figuras, constata-se que

(A) o sistema I é estável, e o . . . → Abrir Q39

Q40

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q40

A Figura abaixo representa a resposta ao degrau de um sistema de controle, em que as unidades dos eixos horizontal e vertical foram suprimidas por não interferirem na análise.

. . . → Abrir Q40

Q41

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q41

O circuito elétrico da Figura abaixo mostra uma fonte de corrente alimentando através de resistências uma carga resistiva RL entre os pontos a e b.

Considerando-se os valores mostrados . . . → Abrir Q41

Q42

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q42

Para o circuito resistivo mostrado abaixo, o valor da fonte de tensão do equivalente thevenin entre os pontos x e y é 90 V.

Qual é o valor, em . . . → Abrir Q42

Q43

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q43

Sejam dois números X e Y de N bits e considere que o operador “+” se refere a uma soma de N bits e não a uma operação lógica OU. . . . → Abrir Q43

Q44

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q44

As Figuras abaixo apresentam, respectivamente, a curva de magnetização de um material ferromagnético e o circuito magnético montado com esse material. O comprimento médio do circuito magnético é 0,5 m, . . . → Abrir Q44

Q45

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q45a

Seja a sequência de estados abaixo, representados pelos bits Q3Q2Q1Q0, implementada por 4 flip-flops D.

A lógica mínima, em termos de soma de produtos, que implementa a entrada D2 . . . → Abrir Q45

Q46

Um dado condutor cilíndrico, maciço, retilíneo, homogêneo e isolado é percorrido por uma corrente constante de 10 A. Considerando-se que esse condutor tenha comprimento infinito, o valor aproximado da densidade . . . → Abrir Q46

Q47

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q47a

No circuito abaixo, considere que o transistor Q1 apresenta uma tensão VEB = 0,7 V quando a junção base-emissor está diretamente polarizada, e que o seu parâmetro β é muito grande. . . . → Abrir Q47

Q48

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q48a

O circuito apresentado abaixo tem como objetivo produzir uma corrente IL que independa do valor da resistência de carga RL.

Considerando-se os amplificadores operacionais ideais, a expressão para a . . . → Abrir Q48

Q49

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q49

A Figura abaixo mostra o circuito de um multivibrador astável, cuja frequência de oscilação é controlada pelas chaves S1, S2 e S3.

Considerando-se todas as chaves inicialmente abertas e . . . → Abrir Q49

Q50

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q50a

Para as Olimpíadas de 2016, foi encomendado o projeto do circuito de controle de um placar eletrônico para os jogos de basquete. Tal circuito é apresentado no esquema abaixo, onde . . . → Abrir Q50

Q51

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q51

O circuito digital apresentado abaixo é empregado no acionamento de uma bomba hidráulica, responsável por injetar combustível em um tanque a uma vazão constante de 30 litros por minuto, enquanto . . . → Abrir Q51

Q52

O título de uma mistura composta por uma parcela na fase líquida e outra na fase vapor, na temperatura de saturação, é considerado uma propriedade intensiva e corresponde à razão . . . → Abrir Q52

Q53

Pela lei zero da termodinâmica, tem-se que

(A) a integral cíclica do calor é proporcional à integral cíclica do trabalho, durante qualquer ciclo percorrido por um sistema. (B) a igualdade . . . → Abrir Q53

Q54

Uma barragem possui um tubo de saída a 20 m de profundidade em relação ao espelho d’água. Desprezando-se as dimensões do tubo e considerando-se a massa específica da água como . . . → Abrir Q54

Q55

Uma tubulação abastece um reservatório de 30 m3 a uma taxa de 10 L/min. O tempo, em horas, necessário para encher completamente esse reservatório é

(A) 10 (B) 20 (C) . . . → Abrir Q55

Q56

A usina de Itaipu tem 20 geradores, 10 unidades operando com uma frequência de 50 Hz e 10 unidades operando com uma frequência de 60 Hz, fornecendo energia diretamente para . . . → Abrir Q56

Q57

A corrente nominal de um motor de indução trifásico é Im, e a tensão de alimentação fase-fase é igual a Vm. Sabendo-se que a potência nominal desse motor é Pm, . . . → Abrir Q57

Q58

No sistema de dados do Departamento de Recursos Humanos de uma grande empresa multinacional, os registros de funcionários são armazenados em uma estrutura de dados do tipo árvore binária AVL, . . . → Abrir Q58

Q59

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q59a

Considere o pseudocódigo da função SOMA abaixo.

A função SOMA deve receber um vetor X contendo N números reais e deve retornar o valor da soma de apenas os . . . → Abrir Q59

Q60

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q60

Uma corrente elétrica de natureza aleatória tem sua função densidade de probabilidade distribuída conforme mostrado no Gráfico acima, onde i é uma variável aleatória. Considere, nesse caso, que o . . . → Abrir Q60

Q61

Um joystick analógico de videogame usa dois monoestáveis para a leitura digital dos valores resistivos nos eixos X e Y. Uma rotina dispara_monoestaveis( ) faz com que os monoestáveis iniciem . . . → Abrir Q61

Q62

A técnica de paginação e memória virtual usando o disco rígido, nos processadores x86, permite que o processador enxergue um espaço de memória RAM maior do que a quantidade de . . . → Abrir Q62

Q63

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q63

Sejam AH e AL as partes alta e baixa de 8 bits, respectivamente, do registrador AX de 16 bits.

Sabendo-se que a instrução MOVSX realiza uma cópia com extensão . . . → Abrir Q63

Q64

Bancos de dados relacionais são implementados por meio de tabelas que utilizam um dos atributos que as integram, como o campo chave primária. Esse fato é de suma importância para . . . → Abrir Q64

Q65

Por ocasião da instalação dos sistemas operacionais Windows XP, Vista e 7 em microcomputadores e notebooks, os dados são organizados numa forma padronizada por meio de sistemas de arquivos. São . . . → Abrir Q65

Q66

Os sistemas operacionais possuem um núcleo que executa as funções de gerenciamento da memória, dos processos, dos arquivos e de todos os dispositivos periféricos. Esse núcleo é o responsável por . . . → Abrir Q66

Q67

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q67

A Figura abaixo representa a estrutura de dados árvore binária.

A representação de uma expressão aritmética com o operador no final é conhecida como percurso em pós-ordem, também denominada . . . → Abrir Q67

Q68

Considerem-se os seguintes resultados de uma amostra: 1o quartil = 96; 2o quartil = 102; 3o quartil = 116 • 3 menores valores: 25; 65; 93 • 3 maiores valores: . . . → Abrir Q68

Q69

petrobras-cesgranrio-2014-2-engenheiro-de-equipamentos-eletronica-q69

Observe a Tabela FERRAMENTAS abaixo, relativa a um banco de dados relacional.

A execução do comando SQL SELECT * FROM FERRAMENTAS WHERE ((ITEM = ‘chave de fenda’ OR ITEM . . . → Abrir Q69

Q70

A NR 10 estabelece os requisitos e as condições para o estabelecimento de medidas de controle e de sistemas preventivos, a fim de prover a segurança e a saúde dos . . . → Abrir Q70

Q21

Ferro apresenta uma transição de fase de ferrita para austenita a 912 oC. A dilatação térmica é uma técnica muito empregada para estudar essa transição de fase. Um corpo de . . . → Abrir Q21

Q22

Um operário comprou uma barra metálica feita de uma liga de cobre com 15% em massa de zinco em solução sólida. A única fase presente nesse metal é cúbica de . . . → Abrir Q22

Q23

Um engenheiro precisava de chapas de alumínio comercialmente puro de 2 mm de espessura. O estoque da empresa carregava chapas de 2,5 mm e 4 mm de espessura de alumínio . . . → Abrir Q23