Q50

Um aço inoxidável austenítico foi empregado para a fabricação
de um reator contendo uma solução aquosa com
concentração apreciável de NaCl. Após alguns meses de
produção, o reator apresentou corrosão em pontos localizados
espalhados por toda a superfície do aço. Uma análise
metalográfica constatou que os pontos de corrosão
não estavam associados aos contornos dos grãos austeníticos.
Essa corrosão é classificada como

(A) austenítica
(B) uniforme
(C) galvânica
(D) em frestas
(E) por pite

Ver Solução