Q52

Uma onda estacionária de freqüência f, em Hz, é estabelecida sobre uma corda vibrante fixada nas suas extremidades. Sabendo-se que as freqüências imediatamente inferior e superior que podem ser estabelecidas nessa mesma corda valem, respectivamente, 256 Hz e 384 Hz, qual a freqüência fundamental da corda, em hertz?

(A) 32
(B) 48
(C) 64
(D) 96
(E) 128

Ver Solução


  • convidado

     Foi cagão nessa, quero ver a cagada dar certo na próxima…

  • Illidan

     O Cleydin não decorou, só foi safo e chegou na resposta certa

  • Anônimo

    Só um adendo, o que você fez foi o MDC, não o MMC. Mas a resolução está correta.

  • Sidney

    Prefiro entender o processo do que ficar decorando técnicas mirabolantes. Pois se aparecer uma questão diferente, talvez sua técnica não ajude. E não preciso de mestrado em física pra isso.

  • Sidney

    Prefiro entender o processo do que ficar decorando técnicas mirabolantes. Pois se aparecer uma questão diferente, talvez sua técnica não ajude. E não preciso de mestrado em física pra isso.

  • Cleydin

    tem um jeito menos físico de fazer essa: faz o MMC de 256 e 384. Você vai descobrir 128, mas 128 não atende o requisito pois: 128-256-384. Então você parte para o 64, esse sim dá certo: 64-128-192-256-320-384. Como existe o 320 entre o 256 e o 384, o 64 atende a questão. Podem até achar a resolução idiota, mas dá certo. Vocês querem mestrado em física ou passar no concurso?

  • dcm

    Numa corda com extremidades fixas as freq. de oscilação serão sempre multiplos da freq. fundamental.

    fn = n.v/(2.l) =  n.f1

    Na questão ele dá duas freq. da corda e fala de uma outra “f” que está entre essas duas. Então você pode construir o sistema:

    f + f1 = 384
    f – f1 = 256

    Resolvendo você acha f1.

    Essa questão é bem simples e rápida se você está com o conceito afiado.

  • Giovsena

    Alguém pode explicar melhor essa? Eu me confundi muito com as resoluções aqui de baixo

  • Engenheiro

    (384 + 256)/10 = 64
    Resposta C
    muito simples essa questao, é só saber um pouco sobre frequencias inferiores e superiores das ondas. Halliday pg 143

  • Engenheiro

    (384 + 256)/10 = 64
    Resposta C
    muito simples essa questao, é só saber um pouco sobre frequencias inferiores e superiores das ondas. Halliday pg 143

  • Engenheiro

    (384 + 256)/10 = 64
    Resposta C
    muito simples essa questao, é só saber um pouco sobre frequencias inferiores e superiores das ondas. Halliday pg 143

  • Engenheiro

    (384 + 256)/10 = 64
    Resposta C
    muito simples essa questao, é só saber um pouco sobre frequencias inferiores e superiores das ondas. Halliday pg 143

  • Engenheiro

    (384 + 256)/10 = 64
    Resposta C
    muito simples essa questao, é só saber um pouco sobre frequencias inferiores e superiores das ondas. Halliday pg 143

  • Nilton Franca

    Na verdade vc tem que considerar 256 como n-1 e 384 como n+1, como fala o gabarito. Daí vc percebe que a diferença são de duas frequências fundamentais, ou seja:

    2 N = 384 – 256 Hz = 128 Hz
    N = 64 Hz

  • Nilton Franca

    Na verdade vc tem que considerar 256 como n-1 e 384 como n+1, como fala o gabarito. Daí vc percebe que a diferença são de duas frequências fundamentais, ou seja:

    2 N = 384 – 256 Hz = 128 Hz
    N = 64 Hz

  • Josekito1712

    Onde escrevi 284 é 384

  • Joselito1712

    No harmônico N => L=n*lambda(n)/2     (1)  No harmônico N+1 => L=(n+1)*lambda(n+1)  (2)
    (1)=(2)   n*lambda(n)/2 = (n+1)*lambda(n+1) 

    Só que: v = lambda*f => n*v/f(n) = (n=1)*v/f(n+1)  Corta-se as velocidades
    Então: n/256=(n+1)/284
    Resolvendo, econtra-se n = 2

    v/(2*f1) = v/f2     Corta-se as velocidades

    Então: f1 = 0,5*f2 = 0,5*256 =: f1=128Hz

    Resposta (E)