Q58

Poços offshore perfurados em águas ultraprofundas possuem uma janela de operação (diferença entre o gradiente de poros e o gradiente de fraturas) mais estreita. A esse respeito, afirma-se que a

(A) tensão de sobrecarga é maior em poços  offshore ultraprofundos, devido à elevada lâmina d’água, o que aumenta consideravelmente o gradiente de poros, aproximando-o do gradiente de fraturas.
(B) tensão de sobrecarga é menor em poços  offshore ultraprofundos, devido à substituição de uma elevada espessura de sedimentos por uma elevada lâmina d’água, o que reduz os esforços transmitidos para as formações soterradas, diminuindo consideravelmente a tensão de fratura.
(C) elevada lâmina d’água produz uma alta pressão hidrostática no leito marinho, o que causa uma pressão anormalmente alta nas formações.
(D) estreita janela de operação resulta em um projeto de poço mais simples, com menos fases a serem perfuradas.
(E) estreita janela de operação sempre permitirá o uso da tolerância ao  kick como critério de assentamento de sapatas, independente dos valores de gradiente de poros e gradiente de fraturas.

Ver Solução
  • Camilla

    A tensão de sobrecarga é menor em poços offshore quando comparados a poços onshore de mesma profundidade, isso elimina as letras A e C.

    Mas por que as letras D e E estão erradas?????

  • Rainerlossr

    Se em terra eu tiver que cavar um poço até, digamos, 1000m de profundidade eu terei 1000m de sedimentos gerando pressão na zona produtora de petróleo. Se no mar eu tiver que atravessar uma lâmina de 2000m de água e após chegar ao fundo eu ainda tiver que cavar mais os mesmos 1000m de sedimentos e rochas a tensão de sobrecarga será maior. Não necessariamente há uma substituição de uma camada de rocha por uma lâmina de água, embora diga isso na alternativa B. Mas no mínimo a questão deveria substituir o “devido à substituição de uma elevada espessura de sedimentos por uma elevada lâmina d’agua” por “quando há uma substituição de uma elevada espessura de sedimentos por uma elevada lâmina d’agua”. A questão é no mínimo passível de interpretações.

  • W_B

    Só faltou dizer: “Se comparado com as mesmas profundidades”.

    A tensão de sobrecarga dos poços ultraprofundos é MUITO MAIOR do que a tensão de sobrecarga do que de alguns poços terrestres que são muito rasos… A resposta correta é a B, mas não é regra geral !!!!

  • dcm

    Considerado para uma mesma profundidade fica mais claro que a tensão de sobrecarga é menor em peços offshore. 
    O meu raciocínio na questão foi que nos poços offshore além de atravessar toda a lamina d’agua ainda seria necessário perfurar uma camada do leito marinho até atingir zonas produtoras. 

    Enquanto em um poço onshore basta ultrapassar os sedimentos até a zona produtora. 

    Então, por uma noção intuitiva, fui levado a considerar que na média os poços  onshore tem menor profundidade que os offshore em águas ultraprofundas. 

    Foi meramente uma questão de interpretação, mas que acredito ter confundido outras pessoas, pelo menos algumas que conversei pessoalmente falaram isso. 

  • Mirterra

    valeu!

  • Gustavo Sobreira

    Projetos de Poços de Petroleo Luiz rocha

  • Mirterra

     vc podia ser mais especifico…
    luizao de q?
    qual o nome do livro?

  • Gustavo Sobreira

    no thomas não sei, mas isso se encontra no livro do luizão
    a sobrecarga é a soma da camadas adjacentes
    como a densidade da agua é 1,03 e da rochas acima de 1,95
    para uma mesma profundidade
    poços offshore tem menos sobrecarga
    e usando a formula de Belloti para a fratura, ela tbb é menor

  • Mirterra

    onde eu acho isso no thomas?

  • Thiagocvgouvea

    RESP: B

    Pois a lamina d’agua imprime uma menor tensão de sobrecarga do que um poço 
    com maior camada de sedimentos e rochas.