Q59

Com relação às operações de acidificação de matriz, analise as afirmativas a seguir.
I – Durante uma acidificação com o mud acid, o HF ataca preferencialmente a sílica, devido à sua maior participação na composição mineralógica das rochas reservatório.
II – Durante uma acidificação, é recomendável fraturar a formação quando a injetividade for baixa, para evitar que a coluna fique exposta ao ácido por um tempo excessivo.
III – Nos intervalos espessos, é importante adotar medidas no sentido de promover a divergência do ácido.
IV – Nos arenitos em que a presença de clorita é eleva da, não é recomendada a utilização do HCL devido à alta solubilidade dessa argila no ácido.
São corretas APENAS as afirmativas
(A)I e II.
(B)I e IV.
(C)III e IV.
(D)I, II e III.
(E)II, III e IV.

Ver Solução
  • Eduardo Oliveira

    O item I é confuso, pois o ácido utilizado na indústria que ataca a sílica é o HF. Ele ataca a sílica por causa das suas propriedades químicas, e não por causa da maior participação da sílica na composição mineralógica das rochas reservatório.

    O item II está completamente errado. Hoje os ácidos bombeados possuem inibidores de corrosão em sua composição que protegem o tubing por tempo suficiente, mesmo quando as vezões de injeção são extremamente baixas. Fraturar a formação durante um tratamento matricial é uma falha gravíssima.

    O item III está corretíssimo. Se não utilizar divergência, o ácido irá para a região mais permeável e deixará o restante do intervalo sem estimulação. Existem vários métodos para conseguir divergência, por exemplo, polímeros, espumas, surfactantes e etc. Vale lembrar que estamos falando de divergência química, e não divergência mecânica. A divergência mecânica é feita com packers, por exemplo.

    O Item IV está correto. Sim, a clorita tem solubilidade moderada em HCl. O problema da clorita existe porque em sua composição está o Ferro. O Ferro não é desejado nestas situações, pois pode gerar muitos precipitados, e, consequentemente, o bloqueiar dos poros. Além disso, O ácido dissolve o ferro da clorita e deixa um resíduo de aluminosilicato, que também bloqueia os poros da formação. Por isso, quando a clorita está presente, é comum utilizar o ácido acético ao invés de ácido clorídrico.
    Sou engenheiro de petróleo e trabalho com estimulação de poços há 5 anos. Qualquer pergunta relacionada ao assunto, basta me mandar um e-mail: eduardo.oliveira2@yahoo.com.br
    A questão talvez tenha sido anulada pois não estava muito bem explicada, e também é muito específica para um concurso que engloba todas as engenharias.

  • Bruna

    Alguém sabe pq esta questão foi anulada? Me disseram que foi pq todas as afirmações estavam corretas…mas tenho minhas dúvidas em relação à afirmação IV.

  • dcm

    No livro do Thomas não tem. 
    Toda a parte de petróleo em 2010 foi um pouco mais complicada. 

    Talvez o fato de petróleo ainda ter um peso maior nos pontos da prova tenha influenciado isso. Mas nessa prova não dava pra estudar só pelo Thomas. 

  • Mirterra

    alguem sabe onde eu acho isso no livro do thomas? no capitulo q eu encontrei qfala desse tema (6.5.6b) nao cita nada disso…

  • Mirterra

    por que ela tá errada?

  • Jrog

    Somente a II tá errada, logo não tem gabarito correto, a questão foi anulada.