Q67

A figura acima  ilustra uma barra condutora AB apoiada sobre outras duas barras metálicas paralelas. As três barras metálicas, cujas resistências são desprezíveis, formam, juntamente com o resistor de 2Ω , um circuito. O circuito encontra-se em um campo magnético uniforme de intensidade 3.10-2 T. A intensidade da corrente elétrica induzida no circuito, em miliamperes, quando a barra AB é deslocada para a esquerda com velocidade constante e igual a 0,6 m/s, é
(A) 1,2
(B) 1,8
(C) 2,4
(D) 3,0
(E) 3,6

Ver Solução


  • Eliltonedwards

    Caro estudante;

    A resolução desse exercício esta dentro do assunto “Indução Eletromagnética” encontrado em qualquer livro de Física que trata de Eletromagnetismo.

    O conceito do assunto é chamado de “Haste condutora Deslizante em Trilhos Condutores, na presença de um Campo Magnético Uniforme e Constante”.

    Seria bom você dar uma olhada nesse conceito para entender a resolução.

    Foram dados no enunciado:

    Resistência ( R) = 2,0Ω

    Campo magnético Uniforme = 3.10^-2 T

    Velocidade de deslocamento da barra (v) = 0,6 m/s

    Distância entre as barras (L) = 20 cm = 0,2 m

    Pede:

    Intensidade de corrente ( i ) em miliamperes = ?

    RESOLUÇÃO:

    A força eletromotriz induzida entre os terminais da haste é dada por:

    ε = B.L. ∆s/∆t (eq.1)

    Mas a velocidade é dada por v = ∆s/∆t , substituindo na eq.1, temos:

    ε = B.L.v (eq.2)

    Agora temos que encontrar uma relação entre a eq.2 e a resistência ( R) entre as duas barras.

    Sabe-se que:

    ε = R.i (eq.3)

    Substituindo a eq.3 na eq.2 temos:

    R.i = B.L.v , isolando a intensidade de corrente (incógnita que estamos procurando), temos:

    i = (B.L.v)/ R

    Substituindo os valores dados no enunciado temos:

    i= (3.10^2 T * 0,2 m * 0,6 m/s)/ 2,0Ω

    i = 1,8.10^-3 A

    Como o enunciado pede em miliamperes é só multiplicar por 1000, temos:

    i = 1,8 mA

    Resposta (B)