Q34

Uma partícula de massa m está submetida a uma força variável no tempo, a qual produz uma aceleração nesse corpo dada por

a(t) = 2t

Encontre a equação de movimento para essa partícula, considerando que a velocidade inicial e a posição inicial são nulas, isto é, v0=S0=0.

(A) S(t) = t2/2
(B) S(t) = t3
(C) S(t) = t3/3
(D) S(t) = t/3
(E) S(t) = t4/3

Ver Solução
  • antoniojr

    isso mesmo, questão de calculo II, se souber integral resolve, nem precisar ser bom de fisica

  • Rodrigo

    a = d²S/dt² = 2t; integrando:

    dS/dt = t² + C1; dS/dt é a velocidade logo C1 = Vo = 0, integrando:

    S = t³/3 + C2; C2 = So = 0.

  • Bruno

    É só integrar a aceleração a(t) para encontrar a velocidade v(t) e depois integrar a velocidade para encontrar o deslocamento s(t).

  • Nhonhardo

    Exato! Só seria um movimento “variadamente variado”, hehehe

    Só sai por integral mesmo.

  • Dammyão Alves

    Essa questão é muito simples, quiseram complicar aqui nas respostas

  • Nanda

    Débora eu também não entendi muito bem esta questão.
    Estou com as mesmas dúvidas!!
    Você recebeu por email a resposta ou entendeu a questão!!
    Por favor manda para meu email: ticamaral@hotmail.com

  • Joao

     A equação do movimento uniformemente variado (MUV) é quando a aceleração é constante. Caso a aceleração varia, esta decoreba não é mais válida.

  • Debora Aquino

    Olá,

    Alguém poderia explicar esta questão mais claramente? Não consegui entender.
    Até onde acompanhei o raciocínio Thiago usou a Eq. da Vel.= Vo + at e porque não usou a MUV=S= So+ Vot+ at²/2/?
    Se puderem enviar questão para meu email:debora.aquino@hotmail.com

  • Thiago Carvalho

    A integral de a(t) teremos a velocidade e a integral de v(t) teremos a equação do movimento da partícula em função do tempo:

    Como Vo e So são igual a zero, teremos:V(t) = Vo+ ∫a(t) dt = t²S(t) = So +  ∫V(t).dt = t³/3