Q40

Aplica-se uma tensão de 0,1 GPa a uma barra metálica de 5,0 m de comprimento. Considere os módulos de Young e de cisalhamento iguais a 200,0 GPa e 80,0 GPa, respectivamente. A variação de comprimento da barra, em mm, é

(A) 0,1
(B) 0,5
(C) 2,5
(D) 4,0
(E) 6,2

 

Ver Solução
  • brenofrizera

    Pode ser feito da seguinte forma:
    delta=(F*L)/(A*E)
    dela = (sigma*L)/E = ((0,1*10^9)*5)/(200*10^9)
    delta = 2,5 *10^-3m ou 2,5mm

  • Luiz

    Muito bom, vlw!

  • Japa

    Deformação/L = Deformação específica

    Tensão = E.(deformação específica) , sendo E = Módulo de Young
    0,1 = 200.(deformação específica)
    (deformação específica) = 0,1/200

    Deformação/L = Deformação específica
    Deformação/5 = 0,1/200
    Deformação = 0,1.5/200 = 2,5.10^-3 = 2,5 mm

  • Euder Alves

    só lembrando GuestRRR, que o “sigma = E*deltaL/L” vem da lei de hooke. Onde a deformação é deltaL/L.

  • Anônimo

    Também não entendi o motivo de ser a metade da área da superfície. Alguém consegue explicar?

  • Rui

    Por que é metade da área da superfície ?

  • Giuliano

    Entendi. Obrigado, Leandro!

  • Leandro

    Giuliano, acho que a reselução da questão 39 é essa:

    39) Um fluido de densidade dL = 1,0×10^3kg/m^3 e velocidade V = 10m/s passa ao redor de uma esfera de raio R = 0,10m. A ordem de grandeza da força dinâmica que o fluido exerce sobre a esfera, em N, é:
    (A) 10^-3  (B) 10^-1  (C) 10^1  (D) 10^3  (E) 10^5

    Como a pressão dinâmica é p = d x (v^2)/2, temos, 1000x(10^2)/2 = 50000.

    A área em contato com o fluido é metade da área total da superfície da esfera, ou seja, 2 x pi x r^2. Logo 2 x pi x 0,1^2 = 0,02 x pi

    Se Pressão é Força/Área e a área é conhecida temos a força:

    F = 50000 x 0,02 x pi = (1000 x pi) N (A ordem de grandeza dessa força é de 10^3).

    Letra D

  • Giuliano

    Cadê a 39?

  • Anônimo

    sigma= E*deltaL/L

    0,1E+9=200E+9*deltaL/5 => deltaL = 2,5E-3 = 2,5 mm

    GABARITO: C