Q144 a Q147

A figura acima ilustra uma instalação que utiliza um manômetro diferencial de coluna de mercúrio associado a um medidor B, para a medição da pressão no escoamento de ar em um duto. Considerando essa figura, julgue os itens seguintes.

144
A pressão PA pode ser corretamente calculada pela diferença da altura ΔH no manômetro diferencial.

145
A pressão medida em B deve ser a mesma da medida no manômetro diferencial.

146
A pressão medida deve ser abatida da perda de carga do líquido na tubulação que liga o manômetro ao tubo.

147
Como o fluido é ar, é correto considerar PA = PA’.


Ver Solução


  • Rafael Cosmo

    144) E

    Deve ser descontada a pressão exercida pela coluna de ar do trecho vertical logo acima da interface ar-óleo.

    145) E

    O medidor B irá medir a pressão absoluta, que é a pressão manométrica mais a pressão atmosférica. O manômetro diferencial irá medir somente a pressão manométrica.

    146) E

    Depois que atinge o regime não há escoamento, então não há perda de carga.

    147) E

    Ainda que o fluido seja o ar, cuja a massa específica é pequena (ρ = 1,23 kg/m³ a 15 °C e 1 atm), a pressão P_A’ = P_A + ρ.g.h, em que h é a altura da coluna de ar do trecho vertical logo acima da interface ar-óleo.

  • Caiovive

    Como ele não falou nada de perdas,então não podemos falar nada sobre a medição direta da altura.

  • Caiovive

    147)  errado porque  a velocidade de escoamento muda com a mudança de Área,logo muda a pressão exervida (Bernoulli).