Q42

A reinvenção da correlação manufatureira entre divisão
do trabalho e produtividade revelou-se instrumento de intensificação
do trabalho, à medida que o fordismo revela
a sua dependência do trabalho vivo.
Nesse contexto, Henry Ford defendia que os salários deveriam
ser

(A) estáveis, mesmo que isso não levasse à prosperidade
geral.
(B) fixos, mesmo que isso não levasse à prosperidade
geral.
(C) independentes da produtividade, e isso levaria à prosperidade
geral.
(D) proporcionais à produtividade, e isso levaria à prosperidade
geral.
(E) variáveis, mas sem relação com a produtividade e a
prosperidade geral.

Ver Solução