Q56

No sistema de propulsão de um navio, constitui uma vantagem do hélice de passo variável quando comparado ao hélice de passo fixo a(o)

(A) possibilidade de inversão no sentido de . . . → Abrir Q56

Q57

Em relação aos tipos de instalações propulsoras de navios mercantes, analise as afirmativas a seguir.

I – A instalação propulsora com turbina a vapor é utilizada em navios de pequeno . . . → Abrir Q57

Q58

Um motor de combustão interna de 4 cilindros tem 10 cm de diâmetro de pistão e 12 cm de curso. Qual o valor aproximado da cilindrada desse motor em litros?

. . . → Abrir Q58

Q59

Um motor com 4 cilindros, de 2 litros, opera no ciclo Diesel de 4 tempos e produz 60 kW de potência a 1.500 rpm. Qual o valor aproximado da pressão . . . → Abrir Q59

Q60

A utilização do tanque de expansão no circuito fechado de resfriamento do motor diesel de combustão principal de um navio tem por objetivo

(A) aspirar da caixa de mar a . . . → Abrir Q60

Q61

petrobras-cesgranrio-2014-engenheiro-naval-q61

Num sistema de ar comprimido, as válvulas direcionais têm como objetivo orientar a direção que o fluxo de ar deve seguir, de modo a realizar um trabalho proposto.

Os . . . → Abrir Q61

Q62

A turbina a vapor de um ciclo Rankine ideal produz 2.880 kcal/h de potência. A diferença entre as entalpias na entrada e na saída da turbina é igual a 96 . . . → Abrir Q62

Q63

O dispositivo de combate a incêndio que possui uma válvula de três posições comandada por uma alavanca e dois orifícios de descarga, nas dimensões de 1 ½ polegada para água . . . → Abrir Q63

Q64

Relacione as nomenclaturas pertencentes ao sistema de amarração e fundeio de um navio, apresentadas na 2a coluna, com as suas respectivas definições, apresentadas na 1a coluna.

I – Aparelhos constituídos . . . → Abrir Q64

Q65

A dotação de equipamentos de segurança e salvatagem de um navio NÃO contempla a utilização de

(A) artefatos pirotécnicos (B) coletes salva-vidas (C) embarcação de sobrevivência (D) extintores de incêndio . . . → Abrir Q65

Q66

No método do caminho crítico, a trajetória que determina a duração de um projeto é denominada trajetória critica ou caminho crítico. PORQUE Caso haja um atraso em qualquer uma das . . . → Abrir Q66

Q67

Ao elaborarem seus requisitos de projeto, as Sociedades Classificadoras procuram agrupá-los em conjunto de regras levando em consideração

(A) o comprimento, o tipo e a área de navegação do navio. . . . → Abrir Q67

Q68

Em relação à metodologia da espiral de projeto de navios, analise as afirmativas a seguir.

I – Os requisitos do armador definem as características iniciais para a determinação de cada . . . → Abrir Q68

Q69

Um engenheiro naval, ao elaborar o arranjo geral de um navio, deve observar a sua interação com outros requisitos de projeto, EXCETO

(A) a curva de comprimento alagável (B) a . . . → Abrir Q69

Q70

Na determinação do deslocamento leve de um navio, deve-se computar o peso referente

(A) à água de lastro (B) à água doce de consumo (C) aos eixos propulsores (D) aos . . . → Abrir Q70