Q21

No Plano Cartesiano, seja α a curva formada pelos pontos (x,y) cujas coordenadas satisfazem a equacao x2+xy+y2 = 3. Entao, sao paralelas ao eixo das ordenadas as retas tangentes a curva α nos pontos

(A) (2, -1) e (-2, 1)
(B) (-1, 2) e (1, -2)
(C) (-1, -1) e (1, 1)
(D) (0, √3) e (0, -√3)
(E) (√3, 0) e (-√3, 0)

Ver Solução
Gabarito: A

Solução em breve.

14
Deixe um comentário

avatar
10 Comment threads
4 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
9 Comment authors
Eres Alessandro PorcineliPedro NetoLucasLuís GustavoFernando Carvalho Recent comment authors
newest oldest most voted
Eres Alessandro Porcineli
Visitante
Eres Alessandro Porcineli

Questãozinha filha da mãe…
Derivando implicitamente ambos os lados da equação, temos:

2x+y+(dy/dx)x + 2y(dy/dx) = 0, colocando dy/dx em evidencia:

dy/dx = -(2x+Y)/(x+2y) –> igualando o denominador igual a zero, temos a condição para que a reta que tangencia a curva seja paralela ao eixo y e tenha 90º com relação a abscissa x….

isso ocorre para x=-2y…

Pedro Neto
Visitante
Pedro Neto

Está resposta está um pouco errada, A correção está em outro comentário.

Pedro Neto
Visitante
Pedro Neto

Agora a explicação está certa. como a equação da reta é y=mx+b e a reta é paralela ao eixo das ordenadas eixo (y). Assim, o coeficiente angular é m=-1 e y=0 —> x=b substituindo x na equação: y²+by+b²-3 = 0 (equação do segundo grau) ay²+Dy + c = 0 a=1 D=b e c = (b²-3) como a questão fala de retas tangentes o delta da equação do 2° grau tem que ser igual a zero assim: 0=b² – 4.(b²-3) = 0 resolvendo a equação encontramos b=2 e b=-2 Sendo os valores de da reta x=2 e x=-2 essas duas equação… Read more »

Pedro Neto
Visitante
Pedro Neto

como a equação da reta é y=mx+b e a reta é paralela ao eixo das ordenadas eixo (y). Assim, o coeficiente angular é m=0.—> y=b substituindo y na equação: x²+bx+b²-3 = 0 (equação do segundo grau) ax²+Dx + c = 0 a=1 D=b e c = (b²-3) como a questão fala de retas tangentes o delta da equação do 2° grau tem que ser igual a zero assim: 0=b² – 4.(b²-3) = 0 resolvendo a equação encontramos b=2 e b=-2 Sendo os valores de da reta y=2 e y=-2 essas duas equação são as retas paralelas ao eixo x. ou… Read more »

Lucas
Visitante
Lucas

Essa questão é de cálculo.

Luís Gustavo
Visitante
Luís Gustavo

 

A Helena e Motta estão corretos: somente juntando as
respostas e esclarecendo as dúvidas que vi, se derivarmos em relação a x a
derivada deve tender ao infinito, isto é, f’ →∞ , assim as contas serão uma
pouco mais complicadas. Mas se derivarmos em relação a y tem-se que f’ →0
(lembre-se que os eixos são ortogonais). Assim, derivando em relação a y vem
que:

F´=x+2y=0, daí vem que x = -2y, substituindo na equação da curva
dada vem que 4y2-2y2+ y2 = 3, portanto: y2=1
→ y=±1

Luís Gustavo
Visitante
Luís Gustavo

A Helena e Motta estão corretos: somente juntando as
respostas e esclarecendo as dúvidas que vi, se derivarmos em relação a x a
derivada deve tender ao infinito, isto é, f’ →∞ , assim as contas serão uma
pouco mais complicadas. Mas se derivarmos em relação a y tem-se que f’ →0
(lembre-se que os eixos são ortogonais). Assim, usando a derivação implícita
vem que,

F´=2xx’+x+x’y+2y=0, Mas a derivada x em relação a y também deve
ser zero, x’=0, daí vem que

x = -2y, substituindo na equação da curva dada vem que 4y2-2y2+
y2 = 3, portanto

y2=1 → y=±1

Fernando Carvalho
Visitante
Fernando Carvalho

Derivo a curva em relação a Y. O resultado dessa derivada da curva em relação a y será: X + 2Y Se pegarmos um ponto qualquer da curva (Xo,Yo) e substituirmos em X + 2Y, acharemos um numero.  Esse numero é o coeficiente angular da reta tangente a curva neste ponto (Xo,Yo) em relação ao eixo Y (devido ao fato de termos derivado a curva em relação a Y). Se igualarmos  X+2Y = 0 (isso quer dizer que o coeficiente angular de qualquer ponto da curva) em relação ao eixo Y é zero. E ser é zero, isso também quer… Read more »

Talaco
Visitante
Talaco

Na verdade vc pode derivar tudo em relação a x e fazer dy/dx =
∞,  dá na mesma.

Helena_coimbra
Visitante
Helena_coimbra

deriva em relação a y pq o enunciado pede as retas paralelas ao eixo das ordenadas (eixo y)

Aprovado
Visitante
Aprovado

Porque deriva em relaçao ao Y, e nao em relaçao ao x?

motta
Visitante
motta

Apenas complementando, quando vc chega na relacao y = -(x/2), basta substituir essa relação na equacao original da curva… vai cair em uma eq. de 2o grau bem simples : x2 =  4 => x = +- 2 => (2,-1) e (-2,1). Letra A.

Helena_coimbra
Visitante
Helena_coimbra

Derivando a equação temos: 2x(x’) + (x’)y + x + 2y

Como a questão pede tangentes paralelas a y, então x’ = 0

Logo resta a eq 2y+x = 0, a única opção que encaixa é a A

Lstelmaki
Visitante
Lstelmaki

Derivando-se em relação a y temos f(x,y)= x+2y. Como as retas são tangentes a curva e paralelas as abscissas a derivada em relação a y deve ser igual a = 0 então os pontos assumem os valores (-2y,y). Testando os valores das alternativas a única que satisfaz os valores é a alternativa A.