Q95

A óptica tem áreas de aplicação tradicionais como lentes corretivas para a visão e áreas mais modernas, que só se desenvolveram no século XX, como leitores de códigos de barra e discos compactos de áudio. Acerca da óptica, assinale a opção correta.

(A) Os fenômenos de interferência e difração são mais facilmente explicados pela óptica geométrica que pela óptica ondulatória.
(B) A distância focal de lentes delgadas feitas de vidro varia com o comprimento de onda da luz (λ) porque o índice de refração do vidro varia com λ.
(C) A fração da luz incidente que é refletida na interface de dois meios depende do índice de refração dos dois meios, mas não depende do ângulo de incidência da luz.
(D) Interferência e difração são fenômenos que ocorrem com a luz, mas não ocorrem com ondas mecânicas.
(E) A reflexão da luz em uma superfície plana é o mecanismo mais utilizado para separar os diferentes comprimentos de onda de uma luz policromática.

Ver Solução
Gabarito: B

Solução em breve.


9
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
6 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
Helena_coimbraRiccsonSidney Recent comment authors
newest oldest most voted
Helena_coimbra
Visitante
Helena_coimbra

Só ficou um pouco confuso: O primeiro ” f ” da eq dos fabricantes de lentes representa o foco!

Já os outros representam a frequência… =)

Helena_coimbra
Visitante
Helena_coimbra

Só ficou um pouco confuso: O primeiro ” f ” da eq dos fabricantes de lentes representa o foco!

Já os outros representam a frequência… =)

Helena_coimbra
Visitante
Helena_coimbra

1/f = (N2/N1 – 1)*(1/R1 +1/R2) —–> Equação dos fabricantes de lentes

N2 = índice de refração da lente
N1 = índice de refração do meio

R1 = raio de curvatura da superficie da lente mais próxima do objeto
R2 = Raio de curvatura da outra superfície.

O índice de refração representa a razão c/v, onde c é a velocidade da luz no vácuo e v é a velocidade da luz no meio.

Além disso, v = Lamba*f, onde Lambda é o comprimento de onda e f é a frequência.

Dai temos que N2 = c/v2 = c/Lambda2*f
N1 = c/v1 = c/Lambda1*f

N2/N1 = Lambda1/Lambda2

Anônimo
Visitante
Anônimo

Sidney, sua justificativa está incorreta, pois na sua equação, lambda e f são inversamente proporcionais, portanto o produto lambda*f será constante pra uma dada velocidade.

Riccson
Visitante
Riccson

Só ver que uma luz branca ao ser refratada, dispersa em vários raios, cada um com um grau de desvio diferente devido à seu comprimento de onda (já que a frequência se mantém.

Sidney
Visitante
Sidney

n = c/v ; v = lambda*f

n = c/(lambda*f)

Anônimo
Visitante
Anônimo

Mas isso aidna não justifica o porquê de ser a letra B =/

tati
Visitante
tati

1/f = 1/do + 1/dim

onde f= distância focal
do = distância do objeto
di= distância da imagem (em módulo)

Se tratando da distância focal, podemos dizer que ela depende: 

• Da geometria da lente que é representada pelos raios de curvatura R1 e R2. 

• Do meio externo que envolve a lente que é representado pelo seu índice de refração absoluto (n1). 

• Do material que a lente é feita, representado pelo seu índice de refração absoluto (n2).

Caiovive
Visitante
Caiovive

B) Usar a equação dos fabricantes de lentes