Sobre a carreira

Fontes: Guia do Estudante, Guia da Carreira, G1, Wikipedia, Schlumberger, QG do Petróleo, Petrobras.

A carreira de engenharia de petróleo é bastante ampla e engloba conhecimentos de diversas áreas: mecânica, química, geologia, naval, entre outras.

A engenharia de petróleo possui quatro grandes áreas, que, de forma muito resumida, são:

  • Poços: Esta área é responsável pelas operações de perfuração e completação de poços. O escopo do engenheiro de poço é o de definir e programar as operações necessárias, fazer o projeto do poço e fiscalizar o trabalho das empresas contratadas nas sondas. Essa área requer embarques constantes dos profissionais. O conhecimento dos equipamentos relacionados com as operações de exploração é um ponto forte desta área.
  • Reservatórios: Esta área é responsável pela avaliação das formações de petróleo, determinação dos volumes e das reservas de acumulações de petróleo, definição das estratégias de desenvolvimento dos campos, além da projeção das curvas de produção ao longo do tempo. Não é comum o embarque de profissionais desta área.
  • Elevação/Escoamento: Esta área lida com o desafio de escoar o petróleo do poço até plataforma de produção. O escopo abrange a definição de métodos de elevação, estudos a fim de evitar a obstrução dos dutos e, no caso offshore, definição do projeto submarino de linhas e equipamentos em conjunto com a engenharia submarina. Embarques nesta área variam de acordo com a necessidade dos projetos, mas a maior parte do trabalho é desempenhado em terra.
  • Operação da Produção: Esta área é responsável pelo gerenciamento da produção e projetos de equipamentos de superfície para tratamento primário de fluidos. Essa área requer embarques constantes dos profissionais. O conhecimento da unidade de produção (FPSO, por exemplo)  é um ponto forte desta área.

Vale ressaltar que além das áreas acima citadas existem outras atividades que também podem ser desempenhadas por engenheiros de petróleo, como a fiscalização de contratos, coordenação de análises de riscos e o desenvolvimento de pesquisas aplicadas em áreas específicas da indústria de óleo e gás.

 

*Agradecimentos ao Eng. Maurício Galvão, Eng. João Vicente e Eng. Karime Glitz pelas sugestões e colaboração na elaboração do texto.

11
Deixe um comentário

avatar
8 Comment threads
3 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
11 Comment authors
THAYNAguimatheusvalter juniorMelissa GabrielleEduardo Recent comment authors
newest oldest most voted
THAYNA
Visitante
THAYNA

Irei fazer ENGENHARIA DE PETRÓLEO na UNISANTA em santos, Tem nota 4 no MEC e é a melhor faculdade de Engenharia, me aconselha?

guimatheus
Visitante
guimatheus

Gostaria de saber se o curdo Engenharia de Petróleo na faculdade FMU em SP, é bom ? Esta difícil encontrar estagio na área ? Obrigado

valter junior
Visitante
valter junior

gostaria de saber se cursa na UFCG. é bom engenharia do petroleo?/?

Melissa Gabrielle
Visitante
Melissa Gabrielle

Oi, você esta cursando?

Eduardo
Visitante
Eduardo

Gostaria de saber a respeito do curso de Engenharia de Petróleo.É um bom curso?Tem um grande mercado de trabalho mesmo?Leio algumas informações sobre esse curso,mas gostaria de saber a opinião do pessoal que já se formou.Abç.

Nayara
Visitante
Nayara

Ramon, esse curso na FMU é muito bom.

yslals
Visitante
yslals

o que vc acham deste curso no ufam?

Lis Rayane
Visitante
Lis Rayane

Alguns engenheiro de petroleo poderiam me ajudar respondendo umas perguntinhas para elaboração do meu TCC ? obrigada (:

vitoria caroline tavares
Visitante
vitoria caroline tavares

logo no inicio de sua careira você ganha em torno de 5 mil dependendo também do seu desempenho no área,após muito tempo ou seja quando você ja estiver bem aprofundado na área você vai ganhar 15 mil em diante……..

Ramon
Visitante
Ramon

Gostaria de ser informado a respeito da graduação de engenharia de petróleo, gás e energia da FMU em São Paulo. Obrigado. Ramon Andrade

Julia
Visitante
Julia

Quanto ganha ?